Prefeitos participam de encontro de confraternização com José Éliton

O governador José Éliton recebeu inúmeros prefeitos no Palácio das Esmeraldas para um encontro de confraternização de final de ano e também de encerramento de mandato. Em meio aos agradecimentos pelo apoio que recebeu durante a campanha na disputa do governo goiano o governador aproveitou para prestar informações sobre pendências existentes entre o governo estadual e os municípios. Lembrou que na semana passada foi feita a liberação de recursos referentes a mais uma parcela do transporte escolar. “Até o final do ano vamos atualizar todos os repasses, não deixando qualquer tipo de pendência”. Informou que nos repasses referentes ao setor de saúde a atual administração liberou R$60 milhões e até o final do ano serão repassados os R$ 20 milhões restantes. Isso vai acontecer até o dia 15 de dezembro “para que os prefeitos possam fazer, com tranquilidade, sua prestação de contas de final de ano. O objetivo é o de se alcançar Zero de dívidana saúde”, salientou o governador.



Outro tema exposto aos prefeitos refere-se a liberação de recursos provenientes do Programa Goiás na Frente. Na quase totalidade dos municípios existe obras em andamento aguardando a liberação de mais parcelas. Como medida de precaução para evitar possíveis futuros problemas com a justiça quanto a prestação de contas de final de ano alguns prefeitos estão optando por solicitar a suspensão dos convênios. “Essa não é a medida mais recomendável, mas entendemos a preocupação desses prefeitos e, se assim for a sua decisão, a Secretaria de Governo vai facilitar a rescisão do contrato”. Entretanto, sinalizou com a possibilidade da liberação de mais uma parcela desses convênios. Para tanto articula junto a Secretaria da Fazenda, mas tudo vai depender da disponibilidade financeira do Estado.



Parceria



O governador José Éliton destacou o alto nível da parceria com os municípios exercida pelo Governo Estadual, tanto em seu governo quanto na gestão de Marconi Perillo.  Para tanto conclamou os prefeitos que integram a base aliada de apoio ao governo a defenderem o legado do governo do Tempo Novo.



Ao falar sobre finanças o governador afirmou que vai deixar o governo com um déficit orçamentário estimado em R$ 241 milhões “o menor dos últimos anos”. Segundo ele o estoque da dívida do Estado gira em torno de R$ 19 bilhões, mas fez questão de ressaltar que 45% dessa dívida foram contraídos antes de 1999.



Agradecimentos



Em nome de todos os prefeitos presentes falou o presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM), Paulo Sérgio de Rezende (Paulinho), o qual reconheceu e agradeceu pela boa relação existente em ter o governo estadual e os municípios. Convocou os prefeitos a se unirem, pois, segundo ele, há muito o que se fazer.



Paulinho também enalteceu o trabalho do ex-governador Marconi Perillo o qual qualificou como sendo “companheiro, amigo e leal” e preocupado
 om as causas municipalistas.



Assessoria de Comunicação da AGM

Vídeos