PRF e municípios discutem melhorias no Transporte Escolar

Quinta-Feira, 06 de Fevereiro de 2020 às 12:21 - Notícia

A Polícia Rodoviária Federal promoveu na manhã dessa quinta-feira (6) um evento no posto de fiscalização na BR-153, em Hidrolândia, com o objetivo de se discutir as normas de segurança do transporte escolar. Para tanto foram convidados, e participaram, secretários de educação de municípios da região metropolitana de Goiânia (Abadia de Goiás, Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Hidrolândia e Guapó).

O inspetor da PRF, Newton Morais, fez um alerta aos municípios para a necessidade de adequação do sistema a todas as normas exigidas e para tanto solicitou maior atenção dos secretários na execução desse serviço que é feito pelas prefeituras e por veículos terceirizados. Informou o inspetor que, frequentemente, são detectadas irregularidades durante as fiscalizações de rotina feitas pela polícia com veículos apresentando condições inadequadas. Dentre essas irregularidades estão más condições do veículo, motoristas sem habilitação ou sem comprovante de curso específico para o transporte de alunos, falta de documentação, dentre outras. Garantiu ele que “a intenção da PRF não é a de aplicação de punição, mas sim de orientação. Entretanto não se pode deixar de aplicar a lei vigente”.

O presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM), Paulo Sérgio de Rezende (Paulinho) também participou do evento quando solicitou a PRF um período para que as prefeituras possam promover a correção das irregularidades. Ao mesmo tempo conclamou aos gestores para que atentem para a importância do cumprimento das exigências do Código Nacional de Trânsito “garantindo a segurança dos estudantes e evitando transtornos”.

O secretário de Educação de Goiânia e presidente da União Nacional de Secretários Municipais de Educação (Undime), Marcelo Costa, afirmou que a entidade tem criado grupos de trabalho para discutir com os governos locais a melhoria no transporte escolar. Sugeriu, também, que os secretários de educação promovam o remanejamento de recursos para a adoção dessas medidas emergenciais, adaptando o sistema às normas exigidas e corrigindo as irregularidades.

 

Assessoria de Comunicação da AGM