IBGE pede apoio dos municípios para o Censo 2020

Sexta-Feira, 20 de Setembro de 2019 às 10:04 - Notícia

Prefeitos e representantes de inúmeros municípios goianos participaram de reunião promovida pela Superintendência Regional do IBGE, com o apoio da Associação Goiana de Municípios, encarregada da mobilização dos participantes. Em pauta os preparativos para a realização do Censo 2020 cuja coleta de dados será feita no período de agosto a outubro do ano que vem. Em todo o país serão pesquisados 5.570 municípios, dos quais 246 em Goiás.

O presidente da AGM, Paulo Sérgio de Rezende (Paulinho) convocou os municípios para que deem todo o apoio necessário para que a pesquisa seja realizada com sucesso. “Até porque os municípios possuem uma expectativa muito grande quanto a possibilidade de aumento de sua população o que vai refletir positivamente na elevação da participação do FPM, além de utilizar os resultados para outros fins, como a elaboração de projetos locais”, salientou. O evento foi também prestigiado pelos deputados Coronel Adailton e Amauri Ribeiro e o vice presidente da FGM, prefeito José Cunha.

O Superintendente Regional do IBGE em Goiás, Edson Roberto, explicou sobre a realização do censo cujos resultados poderão ser acompanhados em tempo real pelos municípios e quem mais se interessar pelo site censo2020.ibge.gov.br. Salientou que os municípios devem colaborar com o trabalho e procurar retirar as dúvidas antes do final da pesquisa. “Concluído o resultado dificilmente ele será modificado”. Atualmente muitos prefeitos reclamam que o número de habitantes está desatualizado, com o município possuindo um número maior de moradores do que o último censo e as estimativas feitas por amostragem.

Os participantes também tiveram a oportunidade de tirar suas dúvidas. Como ponto de referência para a obtenção de dados será definida a data de 31 de julho para 1º de agosto. Já se prevê que uma das dificuldades a serem encontradas refere-se às pessoas que pouco permanecem em sues domicílios residenciais por motivos de trabalho ou de estudos.

Em Goiás serão contratados cerca de 7.500 temporários para atuarem como recenseadores e supervisores. Serão feitos três editais para contratações e o primeiro deles será publicado nessa quarta-feira (25). Serão criadas em Goiás 51 sub-áreas com 210 postos de coleta de dados. Como preparação, serão promovidas reuniões em todos os municípios.



Assessoria de Comunicação da AGM