Aproxima-se a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios

Terça-Feira, 02 de Abril de 2019 às 10:07 - Notícia

Já são mais de duas décadas de mobilização dos prefeitos de todo o país através das inúmeras marchas à Capital Federal. E Goiás tem marcado presença com participação expressiva de gestores. A cada ano o movimento cresce, ganha força e avança nas conquistas. Para esse ano é grande a expectativa e tudo leva a crer que a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, a ser realizada de 8 a 11 desse mês, será a maior de toda a sua história. A Associação Goiana de Municípios (AGM), que sempre pregou a união de todos como instrumento de fortalecimento, convoca todos os prefeitos a participarem. “Goiás por ser o Estado
mais próximo de Brasília, com maiores facilidades de deslocamento de seus municípios, tem condições de apresentar o maior número de participantes. E estamos convidando todos os prefeitos, vices, primeiras damas e lideranças municipais para participarem, mostrando sua força e expondo a sua opinião sobre os assuntos a serem discutidos”, afirmou Paulo Sérgio De Rezende (Paulinho), presidente da AGM.



A expectativa positiva refere-se também a um outro aspecto: as conquistas a serem obtidas. A Confederação Nacional de Municípios (CNM), organizadora do evento, tem feito um forte trabalho junto à todos os poderes da União (Governo Federal, Congresso Nacional e Judiciário) no sentido de garantir a participação de todos. O presidente da República, Jair Bolsonaro, já confirmou presenças à exemplo de vários ministros como Sérgio Moro do Ministério da Justiça, presidente da Câmara Federal e do Senado. Também foram convidados dirigentes do Supremo Tribunal Federal em audiência com o presidente da corte ministro Dias Toffoli. O ministro deverá participar do espaço destinado ao debate de projetos e encaminhamentos, onde o magistrado terá a oportunidade de debater, por exemplo, a possibilidade de julgamento dos royalties de petróleo. A matéria aguarda apreciação na Corte Suprema.



Também confirmadas as participações dos representantes do Congresso Nacional quando se discutirá uma pauta com itens como a prorrogação da Medida Provisória (MP) 868/2018 do Saneamento, o repasse adicional de 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), Cessão onerosa, Imposto Territorial Rural (ITR) e Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

A bancada federal Goiana formada por 17 deputados e 3 senadores já confirmou através de sua coordenadora, deputada Flávia Morais (PDT), a reunião com prefeitos goianos. Numa demonstração de interesse pelos municípios os congressistas goianos (da última gestão) destinaram recursos através de emendas parlamentares para a aquisição de máquinas que estão sendo distribuídas a 245 das 246 prefeituras do Estado.



Divulgação



Já consolidado como o maior evento político do Brasil e com recorde de inscritos, a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios terá nessa edição uma novidade: a programação principal e paralela será transmitida ao vivo pela internet. A expectativa da Confederação Nacional de Municípios (CNM) é de que o evento – que terá uma programação ininterrupta e aguarda público recorde – seja acompanhado pelo maior número de gestores públicos possível.



“A Marcha será o espaço para promover o diálogo, unirmos esforços de forma a construir um novo pacto federativo que permita enfrentar com eficiência a necessidade de ofertar para a população brasileira mais e melhores serviços públicos, para garantirmos avanços no desenvolvimento social e econômico de nosso país”, lembra o presidente da CNM, Glademir Aroldi.



O municipalista que não puder estar em Brasília entre os dias 8 e 11 de abril poderá acompanhar tudo em tempo real. No Facebook, os internautas poderão curtir e compartilhar a transmissão da programação principal do evento; no Youtube, a transmissão também poderá ser vista em 360º, ou seja, o telespectador terá a sensação de estar dentro do evento e poderá ver o palco principal de todos os ângulos; e, pela Rádio CNM, será possível acompanhar, pela primeira vez, a programação paralela do evento e ouvir todos os debates das Arenas técnicas.



Assessoria de Comunicação da AGM

Fonte: CNM