Convênios do Goiás na Frente com prefeituras são analisados pelo Governo Estadual

Quarta-Feira, 16 de Janeiro de 2019 às 10:57 - Notícia

O secretário de Governo, Ernesto Roller afirma que o Estado busca uma solução real para a dívida deixada pelo Programa Goiás na Frente junto às prefeituras. Roller explicou que o atual governo, por meio da Procuradoria Geral do Estado e da Secretaria da Fazenda, realiza levantamento de todos os 221 contratos assinados.

 

“Estamos analisando juridicamente todos os convênios para uma radiografia integral do Goiás na Frente. Assim que tivermos esse diagnóstico, vamos chamar os prefeitos e estabelecer os procedimentos. O fato é que não há recursos. Vamos conduzir a situação com transparência e diálogo.”

 

O secretário destacou que existe vontade política e o comprometimento da parceria do governador Ronaldo Caiado para o auxílio a todos os municípios goianos, mas que não se trata de parceria “baseada na enganação”. “Não vamos tapear os prefeitos. Não há recursos e vamos ver uma solução jurídica para os contratos em andamento. Não podemos deixar que o Estado continue nesta rota de endividamento e de falta de responsabilidade fiscal, pois, em algum momento, essa conta é cobrada.”

 

O momento, segundo Roller, é de prudência. Ele disse que Caiado aguarda o diagnóstico da equipe técnica do governo federal para encontrar um “horizonte de soluções definitivas” dado à grave situação que Goiás enfrenta.

 

“Com esse diagnóstico, teremos condições de dar encaminhamento a medidas administrativas locais. O governo já está fazendo sua parte. Estamos em articulação com o governo federal e com o Ministério da Economia, preparamos uma reforma administrativa para reduzir a máquina, principalmente em relação aos comissionados, e estamos discutindo os incentivos fiscais, entre outras medidas.”

 

Assessoria de Comunicação da AGM

Fonte: Goiás Agora