AGM dialoga com o Governo Estadual e discute atualização de repasses

Sexta-Feira, 04 de Janeiro de 2019 às 09:34 - Notícia

O presidente da Associação Goiana de Municípios (AGM), Paulo Sérgio de Rezende, acompanhado de assessores da entidade, foi recebido em audiência nessa quinta feira (3) pelo Secretário de Governo Ernesto Roller. Vários assuntos foram discutidos na ocasião. Principalmente os repasses de recursos em atraso da gestão anterior referentes ao Transporte Escolar, o Programa Goiás na Frente e a contrapartida do Estado na execução de programas na área da saúde.



Ernesto Roller, que exercia o cargo de prefeito em Formosa, foi bastante solicito e se comprometeu em levar todas as demandas ao conhecimento do governador Ronaldo Caiado. Entretanto, pediu “paciência” aos prefeitos “até que seja avaliada a real situação financeira do Estado”.



O presidente da AGM avaliou como positiva a reunião, ocasião em que defendeu um diálogo franco e aberto entre os municípios e o Governo Estadual. Paulinho disse que a entidade quer atuar com “diplomacia e parceria” na defesa dos interesses dos municípios e ressalta que “o governador Ronaldo

 

Caiado terá sempre nos prefeitos goianos, independentemente de sigla partidária, um parceiro efetivo para que o Estado possa cumprir os seus compromissos de desenvolvimento econômico e social, contribuindo com a melhoria da qualidade de vida da população e redução das desigualdades sociais”.



Atualmente os débitos do Estado para com os municípios chegam a R$ 135.558 milhões referentes a doze meses de atraso nos convênios da saúde e de R$47.579 milhões referentes a cinco meses de atraso no repasse do transporte escolar.



O assunto foi tratado durante uma entrevista concedida pelo presidente Paulo Sérgio de Rezende à rádio CBN Goiânia aos jornalistas Luiz Geraldo e Mariane Ribeiro na manhã dessa sexta-feira (4) quando voltou a defender a manutenção do canal de diálogo entre os municípios e o Governo. “Nós entendemos que o Governo Estadual passa por um momento difícil, mas os problemas têm de ser sanados. Não há como paralisar o transporte escolar, por exemplo, pois prejudicaria muito os alunos. Também não podemos deixar paradas as obras do Goiás na Frente. Precisamos de uma sinalização do Governo Estadual e esse foi o pedido que fizemos ao secretário para que leve essa demanda ao governador Ronaldo Caiado”, salientou.



Em entrevista ao jornalista Helton Lenine do jornal Diário da Manha, publicada na edição dessa sexta-feira, além de analisar a situação atual entre municípios e o Governo do Estado, o presidente da AGM também avaliou o que se espera do Governo Federal. Paulo Sérgio destacou que os prefeitos goianos estarão ao lado da Confederação Nacional de Municípios (CNM) para cobrar do presidente Jair Bolsonaro o compromisso firmado na campanha eleitoral de implementação do Pacto Federativo. Lembrou que no próximo mês de maio próximo os prefeitos, certamente, vão fazer essa reivindicação durante a Marcha à Brasília. Ouça a entrevista do presidente da AGM, Paulo Sérgio de Rezende, à rádio CBN Goiânia.

Assessoria de Comunicação da AGM