Itumbiara adere a campanha de combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Terça-Feira, 15 de Maio de 2018 às 10:32 - Notícia

Começou nessa segunda-feira (14) em Itumbiara e estende-se até a próxima quinta-feira (17) a programação de palestras nas escolas sobre o Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Dezoito de Maio é o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e uma programação especial promete marcar a data em Itumbiara. Ao todo, cerca de 20 escolas, municipais, estaduais e particulares receberão as equipes de profissionais palestrantes, que discorrerão sobre o tema para milhares de alunos.

 

Na sexta-feira, 18, uma passeata, com distribuição de panfletos de orientação, promete chamar a atenção de moradores e comerciantes para o tema. Com concentração às 8h30 na Praça da Bandeira, os participantes irão percorrer a Rua Santa Rita, contornando a Praça da República, com encerramento na Catedral Santa Rita de Cássia, em evento que contará com a presença de autoridades municipais dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário.

 

A campanha visa a proteção das crianças e adolescentes, chamando a atenção da sociedade para assumir a responsabilidade de prevenir e enfrentar o problema da violência sexual praticada contra crianças e adolescentes no Brasil.

 

O Dia 18 de maio é uma conquista que demarca a luta pelos Direitos Humanos de Crianças e Adolescentes no território brasileiro e que já alcançou nesses 16 anos muitos municípios do país.

 

Esse dia foi escolhido porque em 18 de maio de 1973, na cidade de Vitória (ES), um crime bárbaro chocou todo o país e ficou conhecido como o “Caso Araceli”. Esse era o nome de uma menina de apenas oito anos de idade, que teve todos os seus direitos humanos violados, foi raptada, estuprada e morta por jovens de classe média alta daquela cidade. O crime, apesar de sua natureza hedionda, até hoje está impune.

 

A proposta do “18 DE MAIO” é destacar a data para mobilizar, sensibilizar, informar e convocar toda a sociedade a participar da luta em defesa dos direitos sexuais de crianças e adolescentes. É preciso garantir a toda criança e adolescente o direito ao desenvolvimento de sua sexualidade de forma segura e protegida, livres do abuso e da exploração sexual.

 

Assessoria de Comunicação da AGM

Fonte: Decom da Prefeitura de Itumbiara