XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios: inscrições já estão abertas

Segunda-Feira, 08 de Janeiro de 2018 às 08:52 - Notícia

A cada ano que passa torna-se mais evidente a necessidade de união dos municípios, a participação nas lutas comuns e a demonstração do seu poder de força. A situação de crise ainda permanece, aniquilando e reduzindo o poder de administração das prefeituras, ao mesmo tempo em que também fica claro que os poderes constituídos só agem quando provocados. Na verdade, não agem, e sim, reagem. Daí a necessidade de uma luta constante, sem tréguas, na busca dos objetivos.



Em 2017 os municípios demonstraram um interesse maior em participação das mobilizações promovidas pelas suas entidades representativas. Nem todas as reivindicações foram atendidas, mas no final, os resultados foram considerados altamente positivos. “Mas isso só ocorreu porque os prefeitos mostraram a sua força e a sua união”, salienta o presidente
da Associação Goiana de Municípios (AGM), Paulo Sérgio de Rezende (Paulinho). Goiás também teve a sua maior participação em todas as mobilizações feitas em Brasília, com um grande número de prefeitos e de outras lideranças municipais, fato bastante comemorado pela AGM, que atuou no trabalho de mobilização.



Para 2018 a luta promete se intensificar ainda mais. Para tanto já está programada uma nova mobilização: é a XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios. E, mais uma vez, a AGM vai atuar visando o sucesso do evento.



A Confederação Nacional de Municípios (CNM) e a AGM orientam os prefeitos, secretários, vereadores e demais agentes municipais para que confirmem a participação o quanto antes, efetuando suas inscrições, e programem antecipadamente o deslocamento e a estadia na capital federal entre os dias 21 e 24 de maio, período em que será realizada a mobilização. As inscrições podem ser feitas pelo site http://www.cnm.org.br/.



Uma novidade neste ano implementada pela CNM, coordenadora da Marcha, é que os participantes poderão fazer o pagamento da inscrição por meio de boleto bancário. Essa medida atende a pedidos feitos em anos anteriores.



Presidenciáveis



A realização da Marcha neste ano é avaliada como muito importante para discutir a pauta prioritária, alternativas para os Municípios diante do atual cenário de crise econômica e também por ser um ano de eleições gerais. Em outubro, serão conhecidos os novos representantes no Congresso Nacional, nos Estados e o presidente da República. Antes
disso, os candidatos à presidência da República terão a oportunidade de apresentar as suas propostas aos prefeitos e demais agentes municipais durante a Marcha. Está previsto um espaço na programação do evento para que os postulantes possam interagir e debater as demandas municipais.



O presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, reitera a importância da participação de todos os municipalistas na mobilização e reforça que esse será o momento para pedir o compromisso de todos com o municipalismo. “Aproveito para convidar os senhores para a XXI Marcha onde vamos dar um pulo mais significativo na pauta municipalista e tentar aliviar o sofrimento dos Municípios. Vamos cobrar dos candidatos a presidente, a deputado e a senador para que eles se comprometam com a nossa pauta e com isso vamos buscar avanços”, orientou.




Assessoria de Comunicação da AGM

Fonte: CNM