Rio Verde

No início do século XIX, quando Goiás era constituído ainda de muitos espaços vazios e de latifúndios improdutivos, José Rodrigues de Mendonça e sua família transferiram-se de Casa Branca, São Paulo, para terras às margens do rio São Tomás, onde tomaram posse delas e, assim, começaram a escrever a história de Rio Verde. Este desbravamento tornou-se o embrião do município hoje.


O grande marco de arrancada para o desenvolvimento aconteceu em 1970 com a abertura dos cerrados. A agricultura começou a florescer e atraiu agricultores de São Paulo e da região Sul, que trouxeram maquinários, tecnologias, recursos e experiências que transformaram o município no maior produtor de grãos de Goiás e um dos destaques do país.

 

Gentílico: Rio-verdense ou Rio-verdino

 

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Rio Verde pela Lei Provincial n.º 6, de 05-08-1848.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Rio Verde pela Lei Provincial n.º 8, de 06-11-1854, sendo desmembrado de Goiás e tendo como sede a povoação do Rio Verde. Constituído do distrito sede e instalado em 26-09-1862.
Pela Lei ou Resolução Provincial n.º 1, de 05-11-1855, é criado o distrito de Torres do Rio Bonito e anexado ao município de Rio Verde.
Pela Lei ou Resolução Provincial n.º 508, de 29-07-1873, é desmembrado de Rio Verde o distrito de Torres do Rio Bonito, elevado à categoria de Vila.
A vila de Rio Verde é elevada à condição de cidade, com a denominação de Rio Verde, pela Lei Provincial n.º 670, de 31-07-1882.
Pela Lei Provincial n.º 603, de 29-07-1879, é criado o distrito de Abadia da Paraíba e anexado ao município de Rio Verde.
Pela Lei Municipal n.º 35, de 28-11-1907, é criado o distrito de Chapadão e anexado ao município de Rio Verde.
Nos quadros do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o município aparece constituído de 3 distritos: Rio Verde, Capelinha e Chapadão. Não figurando o distrito de Abadia de Paranaíba.
Pelo Decreto Municipal n.º 23, de 24-02-1931, é criado o distrito de Cachoeira Alta e anexado ao município de Rio Verde.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 4 distritos: Rio Verde, Cachoeira Alta, Chapadão e Quirinópolis. Não figurando de Capelinha.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município aparece constituído de 4 distritos: Rio Verde, Cachoeira, Chapadão e Quirinópolis.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 1.233, de 31-10-1938, o distrito de Chapadão passou a denominar-se Montividiu.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 4 distritos: Rio Verde, Cachoeira, Montividiu e Quirinópolis.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 8.305, de 31-12-1943, é criado o distrito de Ipeguari e anexado ao município de Rio Verde. Sob o mesmo Decreto, é desmembrado do município de Rio Verde o distrito de Quirinópolis, elevado à categoria de município.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 4 distritos: Rio Verde, Cachoeira Alta, Ipeguari e Montividiu.
Pela Lei Estadual n.º 191, de 20-10-1948, desmembra do município de Rio Verde o distrito de Ipeguari. Elevado à categoria de município com a denominação de Santa Helena de Goiás.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Rio Verde, Cachoeira Alta e Montividiu.
Pela Lei Municipal n.º 353, de 19-01-1953, é criado o distrito de Garimpo do Rio Verdão ex-localidade e anexado ao município de Rio Verde.
Pela Lei Estadual n.º 954, de 13-11-1953, complementada pela Lei Estadual n.º 1.274, de 14-12-1953, desmembra do município de Rio Verde o distrito de Cachoeira Alta. Elevado à categoria de município.
Pela Lei Municipal n.º 354, de 19-01-1959, é criado o distrito de Ouroana e anexado ao município de Rio Verde.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 4 distritos: Rio Verde, Garimpo do Rio Verdão, Montividiu e Ouroana.
Pelo Decreto Municipal n.º 499, de 18-11-1961, é criado o distrito de Riverlândia e anexado ao município de Rio Verde.
Pelo Decreto Municipal n.º 549, de 14-09-1962, é criado o distrito de Santo Antônio da Barra e anexado ao município de Rio Verde.
Pela Lei Municipal n.º 361, de 15-01-1963, é criado o distrito de Castelândia e anexado ao município de Rio Verde.
Pela Lei Estadual n.º 4.925, de 14-11-1963, é desmembrado do município de Rio Verde o distrito de Garimpo do Rio Verdão. Elevado à categoria de município com a denominação de Maurilândia.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 6 distritos: Rio Verde, Castelândia, Montividiu, Ouroana, Riverlândia e Santo Antônio da Barra.
Pela Lei Estadual n.º 8.111, de 14-05-1976, o distrito de Castelândia deixa de pertencer ao município de Rio Verde para ser anexado ao município de Maurilândia.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 5 distritos: Rio Verde, Montividiu, Ourona, Riverlândia e Santo Antônio da Barra.
Pelo Acórdão do Superior Ttribunal, de 21-08-1980, Rio Verde adquiriu do município de Maurilândia o distrito de Castelândia.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1983, o município é constituído de 6 distritos: Rio Verde, Castelândia, Montividiu, Ouroana, Riverlândia e Santo Antônio da Barra.
Pela Lei Estadual n.º 10.393, de 30-12-1987, é desmembrado do município de Rio Verde o distrito de Montividiu, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1988, o município é constituído de 5 distritos: Rio Verde, Castelândia, Ouroana, Riverlândia e Santo Antônio da Barra.
Pela Lei Estadual n.º 11.400, de 16-01-1991, é desmembrado do município de Rio Verde o distrito de Castelândia, elevado à categoria de município.
Pela Lei Estadual n.º 11.703, de 29-04-1992, é desmembrado do município de Rio Verde o distrito de Santo Antônio da Barra. Alta, elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 1995 o município é constituído de 3 distritos: Rio Verde, Ouroana e Riverlândia.
Pela Lei Municipal n.º 3.063, de 08-03-1994, é criado o distrito de Lagoa do Bauzinho e anexado ao município de Rio Verde.
Em divisão territorial datada de 2003 o município é constituído de 4 distritos: Rio Verde, Lagoa do Bauzinho, Ouroana e Riverlândia. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2014.

Municípios Goianos