Ouro Verde de Goiás

Criado pela Lei Estadual nº 4.595 de 1 de outubro de 1963, desmembrado de Anápolis. Sede no atual distrito Ouro Verde ex-Matão. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1964.

A formação do povoado "Boa Vista do Matão" teve início no mês de julho de 1935,quando José Gomes dos Santos doou uma área de terras da fazenda Matão, Município de Anápolis,para a construção de uma capela sob a invocação de São Sebastião. Em torno da capela surgiram as moradias de Marciano de Souza França e Miguel Gomes dos Santos, considerados os fundadores da localidade. Posteriormente, incentivados pelos pioneiros, estabeleceram-se no local, com casas comerciais, Alírio Santana Ramos,João Mariano e José Pimenta, pioneiros na atividade.

O povoado, inicialmente denominado Boa Vista do Matão, obteve acelerado crescimento no setor de agricultura e criação de gado, em decorrência da alta fertilidade das terras, passando à condição de distrito, em 12 de julho de 1948, pela Lei Municipal nº 57,com o topônimo de Matão, em virtude da vasta extensão de matas que o circundava.

Em 1963, perdeu grande área territorial para o novo Distrito de Rodrigues Nascimento.E em 1º de outubro de 1963, ascendeu à condição de município, instalado em 1º de janeiro de 1964, com a denominação definitiva de Ouro Verde de Goiás, em decorrência das extensas lavouras de café e da qualidade superior do produto.

 

Gentílico: Ouro-verdense

Municípios Goianos