Jaraguá

Jaraguá é um importante município goiano. Sua origem remonta ao período em que o ouro ainda era um grande expoente econômico da região. Notícias da existência deste minério nas proximidades dos arraiais de Meia-Ponte (1727) e de Santa Rita da Anta (1729) atraíram aventureiros próximos e distantes. Esse povoado teve o nome de Córrego do Jaraguá, por localizar-se ao sopé de uma montanha semelhante ao Pico do Jaraguá, em São Paulo, e por ter o mesmo tipo de ouro, chamado ouro grupiara.
O povoado foi edificado junto a um córrego, chamado mais tarde de Rio Pari, nome dado por causa de um pari (armadilha para pegar peixes) ali construído. Apesar da localização, o local sofria enchentes e propiciava a infestação de mosquitos e outros animais, tornando-o insalubre. Planejou-se mudar para um lugar seco e mais alto, do outro lado da serra. Em 29 de julho de 1882, foi elevado à categoria de município e passou a ser chamado apenas de Jaraguá.
Já no século XX, com a política nacional de integração, Goiás, e por conseqüência Jaraguá, foi contemplado com a construção de um eixo viário fundamental, a BR-153, a famosa rodovia Belém-Brasília, integrando-a ao contexto econômico e social do Estado e do Brasil. Uma das ruas principais da cidade antigamente é a Rua do Rosário, onde costumava-se passear nos fins de semana e uma das principais capelas construídas foi a de Nossa Senhora da Conceição.


Gentílico: Jaraguense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Jaraguá, pelo decreto de 17-10-1833.
Elevado à categoria de município com a denominação de Jaraguá, pelo decreto nº 8, de 01-07-1833, desmembrado de Meia Ponte (Mais tarde Pirenópolis). Sede no atual distrito de Jaraguá ex-povoado. Instalado em 29-07-1833.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Jaraguá, pela lei provincial nº 666, de 29-07-1882.
Pela lei provincial nº 781, de 18-11-1886, é criado o distrito de Francisco das Chagas e anexado ao município de Jaraguá.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município aparece constituído de 2 distritos: Jaraguá e São Francisco das Chagas.
Assim permanecendo nos quadros Recenseamento Geral 1-IX-1920, o município é constituído de 2 distritos: Jaraguá e São Francisco das Chagas.
Pelo decreto municipal nº 59, de 08-06-1932, é criado o distrito de Petrolina e anexado ao município de Jaraguá.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município aparece constituído de 3 distritos: Jaraguá, Petrolina e São Francisco das Chagas.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto-lei estadual nº 8305, de 31-12-1943, é criado o distrito de Uruana ex­povoado e anexado ao município de Jaraguá. Sob a mesma lei acima citado o distrito de Petrolina passou a denominar-se Goialina e o distrito de São Francisco de Chagas a chamar-se simplesmente Chagas.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 4 distritos: Jaraguá, Chagas ex-São Francisco das Chagas, Goialina ex-Petrolina e Uruana.
Pela lei municipal nº 10, de 21-08-1948, é criado o distrito de Goianésia ex-povoado e anexado ao município de Jaraguá.
Pela lei municipal nº 11, de 21-08-1948, é criado o distrito de Rialma ex-povoado e anexado ao município de Jaraguá.
Pela lei estadual nº 153, de 05-10-1948, desmembra do município de Jaraguá o distrito de Goialina. Elevado à categoria de município com a denominação de Petrolina de Goiás.
Pela lei municipal nº 19, de 24-10-1948, é criado o distrito de Castrinópolis ex­povoado e anexado ao município de Jaraguá.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 6 distritos: Jaraguá, Chagas, Castrinópolis, Goianésia, Rialma e Uruana.
Pela lei estadual nº 31, de 1952, é criado o distrito de Itaguaru ex-povoado e anexado ao município de Jaraguá.
Pela lei estadual nº 132, 14-09-1948, desmembra do município de Jaraguá o distrito de Uruana. Elevado à categoria de município.
Pela lei estadual nº 747, de 24-06-1953, desmembra do município de Jaraguá o distrito de Goianésia. Elevado à categoria de município.
Pela lei estadual nº 753, de 16-07-1953, desmembra do município de Jaraguá o distrito de Rialma. Elevado à categoria de município.
Pela lei estadual nº 768, de 08-09-1953, desmembra do município de Jaraguá o distrito de Chagas. Elevado à categoria de município com a denominação de São Francisco de Goiás.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 3 distritos: Jaraguá, Castrinópolis e Itaguaru.
Pela lei estadual nº 2101, de 14-11-1958, desmembra do município de Jaraguá o distrito de Itaguaru. Elevado à categoria de município.
Em divisões territoriais datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Jaraguá e Castrinópolis.
Pela lei municipal nº 21, de16-11-1960, é criado o distrito de Santa Isabel e anexado ao município de Jaraguá.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Jaraguá, Castrinópolis e Santa Isabel.
Pela lei estadual nº 8031, de 01-12-1975, ratificado pela lei estadual nº 8111, de 14­05-1976, desmembra do município de Jaraguá o distrito de Castrinópolis. Elevado à categoria de município. teve sua execução suspensa pelo decreto federal nº 82852, de 18­-12-1978, sendo seu território anexado ao município de Rialma, como simples distrito.
Pela lei estadual nº 8087, de 14-05-1976, é criado o distrito de Cirilândia e anexado ao município de Jaraguá.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 3 distritos: Jaraguá, Cirilândia e Santa Isabel.
Pela lei estadual nº 9187, de 14-05-1982, desmembra do município de Jaraguá os distritos de Santa Isabel e Cirilândia, para o novo município de Santa Isabel.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1983, o município é constituído do distrito
sede.
Assim permanecendo em divisões territoriais datada de 2007.

Municípios Goianos