Ivolândia

Por volta de 1939, em busca de Ouro e Diamantes, várias familias vindas da Bahia e de Minas Gerais, se instalaram à beira do Rio Claro e do Córrego Encanado. Nesses mananciais existiam grandes quantidades dos preciosos minérios.
Em 1944, várias familias se fixaram num altiplano, localizado entre Iporá e Cachoeira de Goiás, na cabeceira do Córrego Macaquinho, onde já existia uma estrada ligando os garimpos do Rio Claro à Anápolis e Goiânia. O primeiro nome da localidade, foi Boa Vista, devido o lugar ser alto e a vista ser agradabilíssima.
No ano de 1948, a população unida, construiu a Igreja de Nossa Senhora D'Abadia, vindo esta ser a Padroeira da localidade. em 1949 foi construida a primeira escola no povoado. Devido ao grande desenvolvimento alcançado, o povoado foi elevado à categoria de distrito pela lei municipal nº 29, de 10/01/1952, passando a denominar-se Ivolândia em homenagem ao Sr. Ivo Moreira Neves, um dos primeiros moradores e doador de 5 alqueires de terras para o Patrimônio.
Sua autonomia político-administrativa se deu através da Lei Estadual nº 861 de 05/11/1953, quando foi elevado à categoria de município e desmembrando-se do município de Aurilândia. Tendo sido solenemente instalado em 01/01/1954, passando a constituir-se Termo da Comarca de Aurilândia.
Atualmente o município é sede de Comarca desde 12/05/1973.
Os primeiros vultos históricos do município são; Ivo Moreira Neves, Domingos Félix dos Santos e Josino Bretas Sobrinho.
Aos naturais do município, dá-se o nome de ivolandenses.
O primeiro Prefeito nomeado foi o Sr. Domingos Félix dos Santos e o primeiro eleito foi o Sr. Josino Bretas Sobrinho.

 

Gentílico: Ivolandense

Municípios Goianos