Itapuranga

A origem desta povoação data de 1933, quando os frades dominicanos, sediados na cidade de Goiás, requereram do Estado um título de posse de um lote de terras devolutas, situadas à margem esquerda do Ribeirão Canastra, para a formação de um patrimônio, sob a invocação de São Sebastião.
O povoado nascente recebeu o topônimo de Xixá, em virtude da celebração da primeira missa campal à sombra de um enorme Xixazeiro.
Com a instalação de uma loja de tecidos, por Joaquim Moreira da Silva, e a forte influência dos fazendeiros Salomão Clementino de Faria e Virgílio José de Barros, a povoação atingiu alto nível de progresso, acelerado com a vinda do operante incentivador Zaqueu Alves de Castro que instalou a primeira escola pública e obteve o plano de uma estrada ligando o povoado à cidade de Goiás.
Em 31 de dezembro de 1943, pelo Decreto nº 8305, passou à categoria de Vila (distrito), instalada solenemente em 19 de março de 1944.
O topônimo xixá foi mudado, por iniciativa da Câmara Municipal de Goiás, para ITAPURANGA, que em tupi significa Pedra Vermelha ou Lugar de Pedras Bonitas.


Gentílico: Itapuranguense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Xixá, pelo decreto-lei estadual nº 8.305, de 31-12-1943, subordinado ao município de Goiás.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o distrito figura no município de Goiás.
Elevado à categoria de município com a denominação de Itapuranga, pela lei estadual nº 748, de 03-07-1953, desmembrado de Goiás. Sede no antigo distrito de Xixá.
Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1954.
Pela lei municipal nº 52, de 30-10-1956, é criado o distrito de Diolândia ex­-povoado, anexado ao município de Itapuranga.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Itapuranga e Diolândia.
Pela lei municipal nº 144, de 13-07-1963 é criado o distrito de Cibele e anexado ao município de Itapuranga.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Itapuranga, Cibele e Diolândia.
Pela lei estadual nº 8019, de 27-11-1975, é criado o distrito de Guaraíta e anexado ao município de Itapuranga.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 4 distritos: Itapuranga, Cibele, Diolândia e Guaraíta.
Pela lei estadual nº 11700, de 29-04-1992, desmembra do município de Itapuranga
o distrito de Guaraíta. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 2003, o município é constituído de 3 distritos Itapuranga, Cibele e Diolândia.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração Toponímica Distrital
Xixá para Itapuranga alterado, pela lei estadual
nº748, de 03-07-1953.

Municípios Goianos