Hidrolândia

Hidrolândia nasceu em 1895, quando se fizeram as primeiras doações de terras para constituir o seu patrimônio.
Seus primeiros habitantes foram os doadores: Manoel Pereira Cardoso, sua mulher Ana Ricardo de Jesus, Maria Ignácia Pereira e Maria José da Conceição.
A causa determinante da fundação do povoado foi a capelinha de Santo Antônio, padroeiro da localidade, e que deu nome à povoação.
Um ano depois, pelo rápido desenvolvimento alcançado, o povoado foi elevado a distrito, por Lei Municipal de Pouso Alto (atual Piracanjuba), datada de 7 de abril de 1896, com o topônimo alterado para Santo Antônio das Grimpas.
Já com aspectos de grande centro urbano, emancipou-se de Pouso Alto, pelo Decreto-Lei nº 454, de 24 de novembro de 1930, da Junta Governativa do Estado, após o triunfo da Revolução de 30, recebendo a nova denominação de Hidrolândia (terra de águas abundantes).
Com a transferência da nova Capital para Goiânia, Hidrolândia voltou à condição de distrito, com o nome de Grimpas.
Depois de constantes esforços de seus habitantes, foi votada a Lei nº 223, de 5 de novembro de 1948, criando o município, instalado no ano seguinte, com a definitiva denominação de Hidrolândia.
A partir de 1967, Hidrolândia deixou a fase de configuração colonial, imprimindo novo rítmo de progresso, com vários melhoramentos urbanos, com destaque para o setor imobiliário com a abertura de sucessivos loteamentos, favorecidos pela proximidade da Capital do Estado.

 

Gentílico: Hidrolandense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Santo Antônio das Grimpas, pela lei municipal de 07-04-1896, subordinado ao município de Pouso Alto.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o distrito de Santo Antônio das Grimpas, figura no município de Pouso Alto.
Elevado à categoria de município com a denominação de Hidrolândia, pelo decreto estadual nº 454, de 24-11-1930, desmembrado de Pouso Alto. Sede no antigo distrito de Santo Antônio das Grimpas. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-02-1931.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede.
Pelo decreto estadual nº 327, de 02-08-1935, o município foi extinto sendo seu território anexado ao novo município de Goiânia, como simples distrito. Município de Goiânia criado pela esta mesma lei.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Hidrolândia permanece no município de Goiânia.
Pelo decreto-lei estadual nº 8305, de 31-12-1943, o distrito de Hidrolândia passou a denominar-se Grimpas.
Elevado à categoria de município com a denominação de Hidrolândia, pela lei estadual nº 223, de 05-11-1948, desmembrado de Goiânia. Sede no atual distrito de Hidrolândia ex-Grimpas. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1949.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações Toponímicas Distritais
Santo Antônio das Grimpas para Hidrolândia alterado, pelo decreto estadual nº 454, de 24­11-1930.
Hidrolândia para Grimpas alterado, pelo decreto-lei estadual nº 8305, de 31-12-1943.
Grimpas para Hidrolândia alterado, pela lei estadual nº 223, de 05-10-1948.

Municípios Goianos