Estrela do Norte

Estrela do Norte originou-se nos meados de 1952 de um loteamento de terras da fazenda Pau-a-Pique, Município de Porangatu, feito por Carlos Oliveira e Silva e Cândido Alves da Costa, tendo como primeiros moradores: Vicente Filho e José da Silva.
Com a construção da rodovia federal Belém-Brasília, afluíu para a localidade nascente várias famílias em busca de trabalho, incentivadas pelas notícias promissoras do desenvolvimento gerado pela grande via de comunicação, no escoamento da expressiva produção agrícola da região, até então quase isolada dos grandes centros de consumo.
Em pouco tempo o povoado contava com mais de uma centena de moradias rústicas , várias casas comerciais e uma população aproximada de 700 pessoas, tornando-se conhecido como ?Vargem Coelho?, em virtude de situar-se nas proximidades de bela vereda de igual nome.
Pelo seu crescente progresso urbano e produção agrícola, o povoado passou à condição de distrito, pela Lei Municipal, em 1955, com o topônimo definitivo de ?Estrela do Norte?, como dádiva do firmamento para a região setentrional antes tão esquecida e despovoada.

 

Gentílico: Estrela-nortense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Estrela do Norte ex-povoado, pela lei municipal nº 51, de 20-02-1958, subordinado ao município de Porangatu.
Elevado à categoria de município com a denominação de Estrela do Norte, pela lei estadual nº 2127, de 14-11-1958, desmembrado de Porangatu. Sede no atual distrito de Estrela do Norte ex-povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1959.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Municípios Goianos