Buriti Alegre

Buriti Alegre surgiu em 1910, quando, através de uma escritura pública, um terreno foi doado para a construção do patrimônio de Nossa Senhora D`Abadia por Ana Rita do Espírito Santo. Vindas de Tupaciguara, (MG), duas irmãs totalmente dedicadas às práticas religiosas, Maria Luiza e Maria Siliana, filha de Maria Teixeira, trouxeram uma imagem de Nossa Senhora D`Abadia e aqui iniciaram suas primeiras orações, o que deu origem ao Arraial de "Abadia de Buriti Alegre", no terreno de Vicente Maneco.
Anualmente eram promovidas festas em louvor à Santa, que, com o passar do tempo, motivou a construção de numerosas casas em torno do pequeno templo. Situada em terras férteis, o local não demorou a formar o núcleo populacional.
Os principais fundadores foram Leonel Antunes Maciel, Ana Rita do Espírito Santo e Vicente Maneco. A primeira casa a ser construída foi a de um italiano chamado Marcos Fanty.
A origem do nome da cidade é devido à grande quantidade de palmeiras buritis existentes na região, tendo constantemente em suas folhas grande número de pássaros demonstrando enorme alegria. Daí o nome Buriti Alegre.



Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Buriti Alegre, pela lei municipal nº 79, de 30-06-1914, subordinado ao município de Santa Rita do Paranaíba, atual Itumbiara.
Elevado à categoria de município com a denominação de Buriti Alegre, pela lei estadual nº 654, de 24-06-1920, desmembrado de Santa Rita do Paranaíba. Sede no atual distrito de Buriti Alegre ex-povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 31-07-1920.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Buriti Alegre, pela lei estadual nº 821, de 30-05-1927.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído do distrito sede.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Municípios Goianos