Aragoiânia


Na região havia uma parada de gado (local de descanso e ruminação dos animais) devido a este fato, a primeira denominação do município foi Malhadouro, passou por Rosália, uma homenagem ao pioneiro José Cândido Rosa.
Aragoiânia foi a última denominação, mas a cidade até hoje carrega o pseudônimo de Biscoito Duro. Apelido peculiar, devido ao local que era parada de lanche entre Goiânia e Rio Verde. O nome Aragoiânia foi uma escolha do pioneiro José Cândido Rosa, significa cidade entre Goiânia e o Rio Araguaia. Por muito tempo a rodovia que corta o município foi o caminho entre a capital e o referido rio.
No dia 27 de abril de 1940, foi celebrada a primeira missa do povoado. Nesta época havia apenas meia dúzia de casas no local. Ainda neste referido ano surgiu a idéia da construção de uma capela para adoração a Deus. José Cândido Rosa doou o terreno e construiu a primeira capela. Em 1946, este templo foi ampliado pelo sírio-libanês João Nasser, primo de Alfredo Nasser. Com o passar dos anos, a comunidade ajudou em diversas reformas, até o atual formato que a Igreja de Santa Luzia se encontra hoje. A igreja nunca mudou de local, sempre esteve na praça que também tem o seu nome.



Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Aragoiânia, pela lei municipal nº 124 de 21-05-1958, subordinado ao município de Guapó.
Elevado à categoria de município com a denominação de Aragoiânia, pela lei estadual nº 2141, de 14-11-1958, desmembrado dos municípios de Guapó e Hidrolândia. Sede no atual distrito de Aragoiânia ex-povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1959.
Em divisão territorial datada de I-VII-1960, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Municípios Goianos