Municípios devem cadastrar equipamentos e materiais de saúde que estão em falta

20/03/2017 14:42
Termina no dia 30 de março o prazo para que os gestores municipais cadastrem no site do Ministério da Saúde os equipamentos e materiais permanentes que estão faltando para ampliar o atendimento e a assistência aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo é promover um levantamento detalhado sobre a necessidade de aquisição e distribuição desses produtos para regiões com maiores vazios assistenciais. Os dados levantados permitirão estudo de ações regionalizadas e integradas do Governo Federal. 

Todas as instituições que prestam serviço assistencial em saúde podem preencher o formulário e participar da seleção, que terá critérios específicos para cada tipo de equipamento e os devidos parâmetros para implantação, infraestrutura e especialidades da unidade, recursos humanos disponíveis, além da capacidade de funcionamento e financiamento dos serviços.

Após o preenchimento do formulário e análise das áreas técnicas do Ministério da Saúde, serão selecionadas as instituições que receberão os equipamentos, de acordo com o quantitativo e, principalmente, com as áreas de maiores vazios assistenciais. “Queremos reforçar o atendimento onde há mais carência atualmente, levando equipamentos de última geração para as unidades que comprovarem capacidade técnica, financeira e, claro, expertise para gerenciar as novas máquinas”, destacou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

 

Fonte: Myla Alves – Assessoria de Comunicação da AGM, com informações do Portal Federativo

BENEFÍCIOS

ANÚNCIOS

Mais Webb Anuncie aqui

REDES SOCIAIS

Facebook Twitter Youtube Instagram